O Mundo nos dá lição de moral e ética o tempo todo – eles sabem que nós não prestamos!

Vejamos os exemplos didáticos dos escândalos nos círculos políticos civilizados: do primeiro-ministro do Japão, do Presidente da Alemanha e do Ministro do Tesouro britânico.

Apoio ao primeiro-ministro do Japão desaba

Tóquio, 31 mai (EFE).- A popularidade do primeiro-ministro japonês, Yukio Hatoyama, ficou em 17%, após sua decisão de manter em Okinawa uma polêmica base militar dos Estados Unidos, segundo a última pesquisa divulgada hoje pelo jornal "Asahi Shimun".

O acordo anunciado na sexta-feira pelo Japão e EUA estabelece a mudança da base de Futenma para uma região menos povoada de Okinawa, dentro dessa mesma ilha japonesa, mas é contrário ao prometido por Hatoyama em sua campanha eleitoral.

Uma pesquisa do jornal econômico "Nikkei" indica que 63% dos japoneses acreditam que seu premiê deveria renunciar, por causa do mau manejo do assunto de Futenma, quando também crescem as vozes críticas dentro de seu próprio partido, o Democrático (PD).

Presidente da Alemanha renuncia após gafe com Afeganistão
Uma gafe levou o presidente alemão, Horst Koehler, a renunciar quando ele disse que Guerra do Afeganistão tem motivações econômicas.

O ministro do Tesouro da Grã-Bretanha renuncia
O ministro do Tesouro da Grã-Bretanha, David Laws, renunciou no sábado depois de admitir ter requerido dinheiro público para aluguel que ele repassou para seu companheiro. Essa é a mensagem escandalosa dos jornais, mas os fatos são os que abaixo transcrevo.

Ele pagou mais de 40 mil libras durante vários anos por um apartamento em Londres, abatendo tal despesa em sua declaração do imposto de renda, como a lei o permite, desde que seja para seu uso pessoal. O fato de viver com um parceiro não lhe deu apoio para que se defendesse e preferiu renunciar.

Esses são os escândalos que vêm lá dos países civilizados.

Imagine os daqui, como o do filho do Lulla que vendeu um projeto - no mercado não teria um valor maior do que mil reais - por uma fábula, tornando-se milionário da noite para o dia. Isso sem falar nos Sarneys, Collors, Calheiros, os do Cabral, Rorizes e mais tantas outras varizes expostas. É claro que o mundo civilizado e o até incivilizado, como o Irã, sabe que o Brasil é uma bosta só. Todos sabemos que Elles nos roubam e nós não lhes damos o troco na medida certa! Me diga, fazer o quê?



Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas