Plínio defende Alba e taxação para produtos chineses - Agência Brasil - Publicação: 09/08/2010

Sacanagem . Acho que são os Deuses gregos de que a minha amiga Lu tanto fala que estão a azucrinar meus ouvidos,e Zeus pôs uma pedra no meu caminho. Vejam meus amigos das nuvens o que o Plínio disse:


“O candidato do P-SOL à Presidência da República, Plínio Sampaio, afirmou hoje (9) que o Brasil deve integrar a Aliança Bolivariana para as Américas (Alba). Plínio também defendeu uma forte taxação à entrada de produtos chineses no país. (grifo meu) Diplomacia de país subdesenvolvido, sem poder econômico e sem poder militar, é defender o seu empreendedor. Chinês vai rebolar para entrar, porque eu vou proteger vocês?, (grifo meu) declarou o candidato, durante sabatina organizada pela Associação Comercial de São Paulo e pela Confederação das Associações Comerciais do Brasil.

O candidato propôs realizar um exame minucioso na dívida externa do país. De acordo com Plínio, o Equador reduziu sua dívida externa em 40%, após fazer uma auditoria. Plínio quer reduzir a jornada de trabalho sem redução de salário. “É colocar população urbana desempregada no emprego. E criar poder de compra, que interessa aos senhores”, disse à platéia de empresários.


O candidato também defendeu o fim dos privilégios dos funcionários públicos da Previdência Social. O candidato disse que, se eleito, irá unificar a Previdência Social. (grifo meu). Sou aposentado como procurador da república. Temos de fazer sistema previdenciário igual, sem privilégios para funcionários públicos”.


Vejam meus amigos galegos ou lusos fuscos que as coisas são complicadas. O tal do socialismo e democracia já brigaram. Para não deixar a turma doida ou p da vida comigo, faço o seguinte registro: se lerem alhures, eu sempre afirmei o seguinte: O PSTU será o PSOL de amanhã; O PSOL de hoje é o PT de ontem; O PT de hoje é o PMDB de sempre e assim tudo anda em círculos. Disse também, em aprendizagem conspiratória, que a FIESP tem sempre os seus pontas de lança (isso não é de minha lavra; veio de www.aeconomiadobrasil.com ).


É fácil ver que, pelo depoimento do nosso comuna, de bobo ele não tem nada e que o serviço muito do comunazinho está completo e ainda vai sobrar grana para política de substituição de importação. Se o barco vai para a esquerda, aí eles têm na casaca da política nojenta os radicais e os moderados; cada um a seu tempo e a sua hora. Se o barco anda em céu de brigadeiro, são eles mesmos a pilotar o transatlântico Minas Gerais, presente de grego.


O meu comentário sobre o Plínio ainda está fresco e durou pouco. Eu tentei, meu irmão, mas o cara não ajuda. Que é que eu posso fazer? Resposta: aguarde meu próximo manifesto: Porra, vou rasgar meu voto eletrônico!!!!!!


Comentários

  1. OLÁ CHUTANDO A LATA.

    PLÍNIO FAZ PARTE DA ELITE DA VIEIRA SOUTO, ATLÂNTICA, AV. PAULISTA, JARDINS ETC... QUER DIVIDIR O QUE É DOS OUTROS MENOS O DELE. AMAM CUBA MAS MORAR LÁ E VIVER SOBRE ÀQUELE REGIME, NEM PENSAR. REALMENTE ESTAMOS SEM LÍDERES CONFIÁVEIS.

    ABS DO BETOCRITICA.

    ResponderExcluir
  2. Professor, boa noite!
    Estou seguindo os seus passos e montei um blog e para mim também. Agora que sou mais um profissional na área, gostaria que o Sr. ajuda com suas valiosas contribuições. O endereço é: www.bdsergio.blogspot.com

    Forte abraço!
    Sérgio Ricardo

    ResponderExcluir
  3. Oposição se escondeu, situação inventou e o Brasil assiste ao horário eleitoral e fica sem graça
    Oh pátria amada Brasil, o que aconteces contigo? Deitado eternamente em berço esplêndido e se esqueceu de produzir líderes que olhem o futuro que espelha essa grandeza? Não lhe confortará ao som do mar azul e à luz do céu profundo? Pois é Brasil, é assim que se encontram os seus filhos que buscam um líder que brilhe o céu da pátria nesse instante.

    Olhando os principais candidatos à presidência do nosso Brasil, fica-se a indecisão de quem será a nossa melhor representação. Olho a Dilma, o Serra, a Marina e o Plínio, os principais candidatos e me pergunto: o que faltaste Brasil para que produza em seu povo um ritmo de conhecimento e informação na defesa de um padrão progressista e democrático de verdade? Como prover as liberdades para serem respeitadas as inovações tecnológicas criativas, produtivas e desenvolvimentistas para o verdadeiro crescimento econômico, com igualdade de condições, em leis universais e ordenamentos mais justos e sinceros?

    Cadê a educação de verdade ou um projeto que defina melhor a alocação desse investimento para os jovens sentirem a necessidade da capacitação e buscarem a informação com mais propósito e não apenas em Orkuts ou MSN’s e até Twitters? Candidato hoje em dia é virtual.

    Tivemos quatro anos de uma oposição que faz discurso em gabinete e não foi ao povo escutar seus anseios. Uma situação que empresta recursos do BNDES, provenientes do Tesouro Nacional, ou seja, de impostos, para colidir grandes empresas com grandes empresas, impactando diretamente no nível de eficiência econômica que preza pela competitividade.

    Dos quatro candidatos principais temos uma de invenção, outro de uma oposição de gabinete e que não saiu às ruas para conhecer os anseios sociais, outra do verde que está perdida no bang bang de tiroteios soltos pelos dois principais oponentes (José Serra e Dilma Rouseff) e outro candidato atrasado e que defende o estado como o provedor social e econômico. Francamente Plínio, dentre os quatros você foi o único que realmente apresentou mudanças estruturais no estado brasileiro, mas em tudo que eu não acredito. Aumentar o socialismo não é o remédio. Dá mais poder ao estado é aumentar o nível de corrupção e apadrinhamento, como ocorre hoje com o PT ao aliar-se em vários partidos fisiológicos, dentre eles o PMDB.

    Falta um pouco de liberalismo nesse socialismo que vemos nas campanhas eleitorais. Está difícil ser eleitor no Brasil. Como já diz o hino: Ó Pátria amada, Idolatrada, Salve! Salve!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas