O Primado da Ignorância


Dependência e Desenvolvimento na América Latina.

Trecho escolhido ao acaso por Millôr Fernandes:

“Para a análise global do desenvolvimento não é suficiente, entretanto, agregar ao conhecimento das condicionantes estruturais a compreensão dos ‘fatores sociais’, entendidos estes como novas variáveis de tipo estrutural. Para adquirir significação ,tal análise requer um duplo esforço de redefinição de perspectivas: por um lado, considerar em sua totalidade as ‘condições históricas particulares – econômicas e sociais – subjacentes aos processos de desenvolvimento no plano nacional e no plano externo; por outro, compreender, nas situações estruturais dadas, os objetivos e interesses que dão sentido, orientam ou animam o conflito entre os grupos e classes e os movimentos sociais que ‘ põem em marcha’ nas sociedades em desenvolvimento. Requer-se, portanto, e isso é fundamental, uma perspectiva que, ao realçar as mencionadas condições concretas – que são de caráter estrutural – e ao destacar os móveis dos movimentos sociais – objetivos, valores, ideologias -, analise aquelas e estes em sua relações e determinações recíprocas. (....) Isso supõe que a análise ultrapasse a abordagem que se pode chamar de enfoque estrutural, reintegrando-a em uma interpretação feita em termos de ‘processo histórico’(1) . Tal interpretação não significa aceitar o ponto de vista ingênuo, que assinala a importância da sequência temporal para a explicação por categorias que atribuam significação aos fatos e que, em consequência, sejam historicamente referidas.

(1)       Ver, especialmente, W.W. Rostow, The Stages fo Economic Growth, A Non-Comuunist Manifest, Cambridge, Cambridge University Press, 1962 ; Wilbert Moore, Economy and Society, Nova York, Doubleday Co., 1955; Kerr, Dunlop e outros, Industrialism and Industrial Man, Londres, Heinemann, 1962"

A biblioteca do Congresso dos EUA reconheceu que tal pérola é o que produzimos de melhor.

PS: Quem souber onde encontrar o livro do Millôr, por favor, me avise. Simplesmente sumiu das livrarias. Procurei em sebos e nada. O título do livro do Millôr é Crítica da Razão Impura ou O Primado da Ignorância.




Comentários

  1. De fato procurei o livro e não o encontrei em lugar algum.
    João Nascimento

    ResponderExcluir
  2. FHC é o cara?

    ResponderExcluir
  3. O anônimo está certo. É o FHC o cara!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas